André Mendonça diz ter visitado cerca de 60 senadores por aprovação ao STF


André Mendonça afirmou ter visitado cerca de 60 senadores para falar sobre a aprovação de seu nome a ministro do STF (Supremo Tribunal Federal). Entre eles, Lucas Barreto (PSD-AP), nessa 3ª feira (3.ago.2021). As informações são da Folha de S.Paulo.

Barreto é membro da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e um dos congressistas que vai sabatinar Mendonça. Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro em 13 de julho para ocupar a vaga de Marco Aurélio no Supremo, o atual advogado-geral da União precisa ter o nome aprovado pelo plenário do Senado.

Estado de São Paulorealizou, em meados de julho, um levantamento que mostrou que Mendonça conta com apoio de 26 dos 81 senadores, ou seja, 3 a cada 10 (32%). Outros 36 senadores afirmaram que estão indecisos e 18 não responderam como pretendem votar. Mendonça precisa de pelo menos 41 votos para ser aprovado.

A indicação de Mendonça cumpre os requisitos buscados por Bolsonaro. O presidente reafirmou várias vezes que sua intenção era encontrar um indicado “terrivelmente evangélico”. Além disso, disse que busca um perfil amigável, com quem tenha uma relação pessoal. Saiba mais soobre André Mendonça nesta reportagem.

Foto: Sérgio Lima

Poder360