Sistema de Controle de Acesso de pessoas é instalado em diversas unidades do Judiciário
18 de junho de 2018

Sistema de Controle de Acesso de pessoas é instalado em diversas unidades do Judiciário


O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte está ampliando para diferentes unidades a utilização do Sistema de Controle de Acesso (SCA) que controla o fluxo de pessoas que entram em suas dependências. Esse sistema foi desenvolvido pela Secretaria de Gestão Estratégica (SGE) em parceria com a Secretaria da Tecnologia da Informação (Setic), cabendo ao Gabinete de Segurança Institucional (GSI) sua implantação e controle de operacionalidade.

Tendo por objetivo fazer monitoramento do público externo que utiliza os prédios do tribunal, o SCA “visa mitigar situações de risco, utilizando cadastro com foto e dados pessoais que mantém uma base de dados integrados em todo o estado”, conforme explica o sargento PM Carlos Santos, integrante do GSI.

Atualmente o sistema está em funcionamento na sede do TJRN, no Fórum Seabra Fagundes, no Fórum Varella Barca, no Complexo Judiciário de Potilândia, na Esmarn, e na unidade da Ribeira. No interior do estado ele já opera nos Fóruns de Assu, Parnamirim, Currais Novos, Mossoró e também no depósito judicial de Mossoró.

O major Givanildo Nascimento, também do GSI, acrescentou que o sistema “permite fazer um planejamento adequado da segurança orgânica e das instalações, identificando situações de indivíduos que possam oferecer algum tipo de risco para o tribunal”. O SCA atende aos preceitos da Resolução nº 21/2012 do TJRN, bem como da Resolução nº 239/2016 do CNJ.

No cronograma está prevista a instalação do sistema ainda neste semestre nos fóruns de Santa Cruz, Caicó e Ceará-Mirim e na Vara de Execuções de Mossoró; e no próximo semestre no Fórum de Touros.