Secretaria de Planejamento de Mossoró implanta novo projeto para construção da LOA 2021

Secretaria de Planejamento de Mossoró implanta novo projeto para construção da LOA 2021


A equipe técnica da Prefeitura de Mossoró, responsável pelo processo orçamentário e financeiro do município, já está atuando na construção da Lei Orçamentária Anual (LOA) 2021. O Secretário Municipal de Planejamento, Aldo Fernandes, ressalta que em decorrência da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), as discussões para a elaboração da LOA 2021, tanto no que diz respeito à contribuição da sociedade, como às questões técnicas, serão realizadas por meio de vias alternativas, e a ação será pautada na automação dos procedimentos financeiros e orçamentários.

De acordo com informações do responsável pela pasta, serão enfatizadas as discussões por meio de redes sociais e sugestões encaminhadas pelo aplicativo Mossoró Conectada, além de outras ferramentas tecnológicas disponíveis.

“Com a entrega da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), cumprindo o prazo regimental que foi em abril, já começamos a trabalhar na discussão para elaborar a LOA 2021. Esse ano, diante das questões pandêmicas que estamos vivenciando, nós vamos enfatizar nas nossas vias alternativas. Por isso estamos reordenando e atualizando o nosso aplicativo para ser inserido no Mossoró Conectada e vamos também abrir outro canal de diálogo com a sociedade, através do site do município, com sugestões subjetivas, além disso vamos programar semanalmente conversas através de lives, de encontros telepresenciais para ouvirmos a sociedade”, frisa.

O secretário de Planejamento, Aldo Fernandes, destaca que além das ações realizadas junto a sociedade, os técnicos do município vêm projetando a LOA 2021, através de reuniões telepresenciais. Ele ressalta que as duas peças orçamentárias para o próximo exercício, tanto a LDO como a LOA de 2021, já vêm moldadas conforme o Mapa do Planejamento Estratégico construído juntamente com a Escola de Governo do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte, no ano passado.

“Por meio do Mapa do Planejamento Estratégico vamos ter nossos valores, nossas referências no que tange ao orçamento e finanças, a nossa automação e modernização nos processos, todas as searas e as linhas de discussão para a sociedade e sem sombra de dúvidas, buscando os nossos resultados com base na nossa missão, na nossa visão e nos nossos valores”, enfatiza.

Aldo Fernandes destaca que tanto a virtualização, como a automação dos processos financeiros e orçamentários, seguem orientações da Prefeita Rosalba Ciarlini, para conferir maior transparência a todo o trâmite, desde a fase de planejamento até a execução das ações.