6ee86c433322c7a49f9c82afd51441c9

Profissionais do saneamento básico recebem homenagem da Câmara de Natal


Aplicar os princípios da engenharia à prevenção, ao controlo e à gestão dos fatores ambientais que afetam a saúde e o bem-estar físico, mental e social das pessoas. Essa é a missão da Engenharia Sanitária e Ambiental que recebeu as homenagens da Câmara Municipal de Natal, nesta segunda-feira (17), com a entrega da Comenda do Mérito Professor Cícero Onofre de Andrade Neto, concedida a 27 profissionais ou órgãos que se destacaram por ações em defesa do saneamento básico, do meio ambiente e desenvolvimento sustentável no âmbito do Município do Natal.

O ato solene para entrega das honrarias aconteceu no Centro de Convenções de Natal, durante a realização do 30º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, sendo a insígnia uma proposição do ex-vereador Sérgio Pinheiro e subscrita pela vereadora Nina Souza (PDT).

“É de conhecimento geral que o saneamento básico é um setor que tem um apelo social muito grande por estar diretamente ligado à saúde pública, sendo seu avanço essencial para a construção de um ambiente sustentável e equilibrado”, disse a vereadora Nina Souza durante o evento. “Por isso, reconhecer as boas práticas realizadas neste setor é tão importante, haja vista que esses profissionais, além de promoverem a redução dos danos ambientais, também atuam na prevenção de doenças, sempre com o foco na melhoria da qualidade de vida das comunidades”, completou.

Ao fazer uso da palavra, o engenheiro sanitarista e suplente de vereador Sérgio Pinheiro falou que cuidar do planeta e preservar a natureza é responsabilidade de todos. “Entretanto, alguns indivíduos resolvem fazer disso a sua profissão e criam formas de garantir ambientes equilibrados. A engenharia sanitária e ambiental é quem busca promover o desenvolvimento econômico sustentável e idealizar maneiras de estabelecer o respeito aos limites da exploração dos recursos naturais. Portanto, nada mais justo que homenagear o trabalho dessas mentes brilhantes”.

Maria Geny Formiga, diretora de empreendimentos da Caern, parabenizou a iniciativa do Legislativo natalense. “Ressaltar a memória do Cícero Onofre é uma ação muito oportuna, porque ele entendia como poucos o papel da sua área do conhecimento na promoção de justiça social. Suas realizações são reconhecidas internacionalmente”, recordou. “Para quem planeja seguir esse caminho profissional é importante gostar de questões ecológicas. Mais do que isso, elas devem ser vistas como uma causa, pois é com estes temas que o engenheiro ambiental vai lidar todos os dias”, pontuou ela, que também é presidente da ABES-RN (Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental).

Com quase 20 anos à frente da Secretaria Municipal de Obras e Viação (Semov), em cinco administrações sucessivas, Damião Pita foi um dos homenageados. “Tive a oportunidade de desenvolver muitos projetos aqui e no interior. Participei de obras de pavimentação, drenagem e construção de lagoas, especialmente em localidades muito carentes. Acredito que dei minha parcela de contribuição”.

Também presente na solenidade, Ana Maria Lins Onofre, esposa de Cícero Onofre, agradeceu pela homenagem em nome da família. “Uma emoção imensurável. Ele realmente era merecedor, pois dedicou a vida inteira ao trabalho de promover o saneamento básico no Brasil. Todos os familiares estão felizes com essa lembrança da Câmara Municipal de Natal. Muito obrigada!”, concluiu.

Comenda

Cícero Onofre de Andrade Neto, desenvolveu inúmeras atividades como pesquisador e é reconhecido nacional e internacionalmente como uma das maiores autoridades brasileiras no campo da Engenharia Sanitária e Ambiental.

Como técnico, foi um dos responsáveis pelo desenvolvimento tecnológico que levou a surgir o sistema condominial de esgotos implantada inicialmente nos bairros de Santos Reis e Rocas, na década de 80.

Ele também foi presidente da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental ABES Seção Rio Grande do Norte (ABES-RN) e ex- diretor nacional da entidade (o engenheiro faleceu em maio de 2017).