Pacientes com alergia ganham projeto aprovado pela Comissão de Saúde da Câmara de Natal

Pacientes com alergia ganham projeto aprovado pela Comissão de Saúde da Câmara de Natal


As alergias possuem causas, sintomas e tratamentos variados de acordo com as pessoas que são acometidas pela doença. Pensando na população natalense que enfrenta diariamente consequências alérgicas, sejam por comidas, clima, medicamentosas, entre outras, a Comissão de Saúde da Câmara aprovou na tarde desta segunda-feira (22), o Projeto de Lei N° 207/2018 de autoria do vereador Franklin Capistrano, que cria a Semana Municipal de Apoio, Orientação e Cuidados com as alergias. O objetivo é divulgar e auxiliar os cidadãos quantos aos tratamentos, convívio e proteção às alergias dentro da rede municipal de saúde. “É um projeto que está dentro do âmbito da saúde pública e atua como forma de prevenção. É um projeto pedagógico, que busca prevenir de sintomas mais agravantes, já que a alergia pode levar a morte, como é o caso do alérgico ao camarão. Vamos garantir orientação aos alérgicos para que as pessoas se conscientizem dos seus limites e saibam as circunstâncias graves que podem passar”, afirmou o autor do Projeto, vereador Franklin Capistrano (PSB).

Os vereadores também aprovaram o Projeto de Lei N° 25/2018 de autoria da vereadora Carla Dickson (PROS), que altera a Lei 6.702/17 (Lei Karol Álvares) e cria o Centro de Referência em Luto no Município de Natal. Para o relator do Projeto, vereador Cícero Martins (PSL), a lei garante um atendimento mais qualificado as pessoas em luto. “O luto é um ato natural, no entanto não tínhamos um centro de acolhimento. O Projeto vai garantir um apoio a essas pessoas e evitar que o luto vire uma doença”, disse Cícero Martins. A autora do Projeto comemorou a aprovação. “Nós fizemos uma emenda acrescentando esse artigo garantindo atendimento às famílias, para que elas possam passar esse momento de luto de maneira mais digna. Custo não vai haver, porque os profissionais já existem na rede e sem falar que esse será o primeiro centro de referência do tipo na América Latina”, afirmou a vereadora Carla Dickson (PROS).

REQUERIMENTO

A Comissão de Saúde aprovou também o requerimento de autoria do vereador Preto Aquino (PATRIOTA), que solicita a Secretaria Municipal de Defesa Social (SEMDES), a instalação de quatro câmeras de monitoramento na Ponte Newton Navarro para garantir o patrulhamento da área e prevenir suicídios no equipamento. “O objetivo é evitar as tentativas de suicídio na Ponte, auxiliando que os guardas e a polícia possam atuar mais rápido na prevenção, pois sabemos que a vida está acima de tudo”, afirmou Preto Aquino.

 

Texto: Kehrle Junior/Câmara de Natal

Foto: Elpídio Junior