17 de fevereiro de 2018

Inativos do MPRN poderão emitir contracheques pela internet


A partir de agora, os membros e servidores inativos do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) podem emitir seus contracheques pela internet. O portal da instituição conta com o serviço para emissão do documento, evitando assim que os aposentados tenham que se deslocar até a sede da Procuradoria-Geral de Justiça para conseguí-lo.
Para o procurador geral de Justiça, Eudo Rodrigues Leite, essa novidade mostra que a instituição está buscando dar um tratamento igualitário aos ativos e inativos do MPRN. “A nova ferramenta é prática e de fácil acesso, e poderá ajudar àqueles que tanto contribuíram para o crescimento e fortalecimento do MPRN e, com isso, para a defesa da sociedade potiguar”, apontou.
O serviço está disponível apenas para os membros e servidores inativos do MPRN, e foi disponibilizado pela Procuradoria Geral de Justiça após pleito apresentado pela Associação do Ministério Público do RN (Ampern). “Ao passarem para a inatividade, membros e servidores perdem seu login, senhas institucionais e o acesso aos seus contracheques ou outras informações financeiras. Com o novo sistema essa realidade muda, o aposentado poderá acessar as suas informações financeiras de qualquer computador com acesso à internet, o que significa maior comodidade, já que não terá que se deslocar à sede da PGJ ou da Ampern para ter acesso ao seu contracheque. É, sem dúvida, uma ótima iniciativa”, comemorou Fernando Batista de Vasconcelos, promotor de Justiça e presidente da Ampern.
O presidente do Sindicato dos Servidores do MPRN, Luiz Felipe Paz, destacou a importância da ferramenta e parabenizou a Administração Superior da Instituição pela disponibilização do serviço: “parabenizo a gestão do MPRN, que vem disponibilizando serviços e inovando tanto para a parte dos ativos e agora dos inativos, atingindo membros e servidores”.
Aldo Clemente Filho, coordenador executivo da Federação Nacional dos Servidores dos Ministérios Públicos do Brasil, destacou o tratamento que a Procuradoria Geral de Justiça vem dando a membros e servidores no Rio Grande do Norte. “Essa é uma medida altamente salutar e de respeito para aqueles que contribuíram por muito tempo para que a Instituição chegasse a esse nível de excelência que se encontra hoje”, disse.
Para acessar os contracheques, é necessário que o membro ou servidor inativo preencha alguns dados pessoais. Dúvidas podem ser solucionadas com Setor de Atendimento ao Usuário, por meio do telefone 3232-5080. O serviço está disponível no seguinte endereço eletrônico: http://www.mprn.mp.br/portal/inicio/servicos/emissao-de-contracheque-de-inativos