Mourão diz que haverá eleição em 2022 mesmo sem voto impresso


O vice-presidente, general Hamilton Mourão, disse nesta 5ª feira (22.jul.2021) que não existe risco de ameaça às eleições de 2022.

Não estamos mais no século 20. É lógico que vai ter eleição. Quem é que vai proibir eleição no Brasil, pô? Por favor, gente. Não somos república de banana, pô. Lógico que não, pô”, disse a jornalistas.

Segundo reportagem do jornal O Estado de S.Paulo publicada nesta 5ª feira (22.jul), o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, teria enviado “um duro recado” ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), no último dia 8 de julho, “por meio de um importante interlocutor político”.

Segundo o Estadão, “o general pediu para comunicar, a quem interessasse, que não haveria eleições em 2022, se não houvesse voto impresso e auditável. Ao dar o aviso, o ministro estava acompanhado de chefes militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica”.

Mourão, Braga Netto e Lira rebateram a informação. O ministro da Defesa disse ao Poder360  que é “mentiroso” o relato sobre ter ameaçado bloquear as eleições de 2022 caso o Congresso não aprove o voto impresso auditável em urnas eletrônicas.

Poder360