Hotel com comitiva alemã do G7 é fechado depois de surto de covid


Um hotel na cidade de St Ives, Inglaterra, que hospeda parte da comitiva alemã para o encontro do G7, foi fechado depois de diversos empregados serem diagnosticados com covid-19. A informação foi publicada nesta 6ª feira (11.jun.2021) pela Swissinfo.

Um porta-voz alemão afirmou que o episódio não afeta os planos de viagem da chanceler Angela Merkel. Ela é esperada nesta 6ª para a reunião dos líderes das 7 maiores economias do mundo. Será o 1º encontro presencial do grupo desde o início da pandemia. Também participam Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido.

Pelo menos um membro da comitiva já estava hospedado no hotel quando o surto foi identificado e está agora em quarentena preventiva. De acordo com a Bloombergmais de um funcionário alemão está isolado, e os afetados trabalham na segurança de Merkel. Não foi confirmado nenhum diagnóstico positivo na comitiva.

A imprensa local reporta que a maioria dos hotéis estão lotados e que a equipe de Merkel está com dificuldades para encontrar alojamentos alternativos. A St Austell Brewery, empresa dona do hotel, diz reconhecer as “inconveniências” em se fechar o estabelecimento, mas argumenta que a saúde da equipe e dos clientes é prioridade.

Poder360