App das prévias do PSDB pode ter sido alvo de ataque hacker, diz empresa


A Faurgs (Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul) afirmou nesta 4ª feira (24.nov.2021) que seria “muito plausível” que a falha no aplicativo das prévias do PSDB seja por causa de um ataque hacker. A empresa desenvolveu o app que foi usado na votação domingo (21.nov).

“A apuração apontou como causa mais provável um congestionamento de acessos incompatível com o número de eleitores cadastrados“, disse a fundação, em nota. Leia a íntegra (32 KB). Por esse motivo, considera o ataque hacker.

No domingo (21.nov), o PSDB teve de adiar o fim do pleito depois que 90% dos eleitores cadastrados no aplicativo não conseguiram realizar seu voto por causa da falha. A ferramenta da Faurgs apresentou instabilidade logo nas primeiras horas de votação. O contrato com a fundação custou R$ 1,3 milhões à sigla, que serão pagos com fundo partidário. Desse valor, R$ 600 mil já foram quitados.

Poder360