Vereadores da Comissão de Saúde realizam visita ao Hospital Ruy Pereira

Vereadores da Comissão de Saúde realizam visita ao Hospital Ruy Pereira


Os vereadores integrantes da Comissão de Saúde da Câmara Municipal do Natal realizaram no início da tarde desta segunda-feira (10), uma visita à estrutura do hospital estadual Dr. Ruy Pereira, após o anúncio do fechamento. Com mais de 70 pacientes internados em oitenta leitos e capacidade para atender mais de cento e vinte pessoas por mês, o hospital que é referência em atendimento e cirurgia angiovascular no Rio Grande do Norte, apresenta problemas estruturais e materiais, como a falta de lençóis. Durante o passeio pelas alas do hospital foi possível constatar as anomalias existentes, o que segundo a vereadora Carla Dickson (PROS) não pode existir.

“O hospital apresenta falhas estruturais. Muito mofo próximo às torneiras, enfermarias sem ventilação, cadeiras de banho amarradas com ataduras que há um bom tempo estão ali e a gente está lidando com pacientes contaminados, acompanhantes trazendo lençóis que ficam aí sendo reutilizados. A questão é estrutural, o que tá complicando aqui é essa falha de estrutura no prédio em si e isso não pode acontecer”, disse Carla Dickson.

Por mês, o hospital realiza aproximadamente duzentas e cinquenta cirurgias. Segundo o assessor técnico do Ruy Pereira Graciliano Sena, os atendimentos estão funcionando normalmente. “Nós estamos funcionando e atendendo, os serviços acontecem. A gente sabe que todo atendimento em saúde no país hoje é insuficiente. Indo nessa linha de atendimento, a gente precisa melhorar em tudo”, disse.

Para o vereador Franklin Capistrano (PSB), o problema vai além e precisa ser enfrentado também na rede básica de saúde, junto ao enfrentamento às diabetes. “As unidades básicas devem funcionar de maneira eficaz no controle dos pacientes com diabetes, porque são eles que chegam aqui quase com diabetes terminais. Poderíamos evitar a chegada dessas pessoas se elas fossem devidamente tratadas nas suas unidades básicas, para evitar a enchente de pacientes aqui e a amputação de pés e pernas. O importante também é o tratamento preventivo”, comentou.

“Apesar das dificuldades que encontramos durante a visita, as pessoas estão sendo atendidas. O que não pode é fechar esse hospital que é de referência e que atende a população pobre. A luta de todo mundo tem que ser para salvar o hospital. As dificuldades são muitas, precisa haver uma reforma e alguém tem que fazer isso, o que não pode é fechar. Bom ou ruim, infelizmente só tem aqui. Segunda-feira iremos realizar uma audiência pública para tratar única e exclusivamente dessa situação do Ruy Pereira. Vamos convocar os secretários de saúde do estado, município de Natal, municípios da região metropolitana, Ministério Público para discutir além disso, da importância da rede básica funcionar e evitar o crescimento no número de diabéticos”, ressaltou o presidente da Comissão de Saúde, vereador Fernando Lucena (PT).

 

NOTA OFICIAL

Por meio do nota encaminhada para a imprensa, o Governo do Estado  informou que irá manter as atividades do Hospital Ruy Pereira. Ficou definido que será renovado o contrato de aluguel pelo período que for necessário e que serão realizados novos laudos de avaliação das condições estruturais para o funcionamento no prédio onde está instalada a unidade de saúde.

 

Texto: Kehrle Junior/Câmara de Natal

Foto: Marcelo Barroso