TRT NA MEDIDA 2018 Alegria marca solenidade de entrega de prêmios
22 de outubro de 2018

TRT NA MEDIDA 2018: Alegria marca solenidade de entrega de prêmios


Em uma solenidade marcada pela parceria e pela gratidão, magistrados e servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) comemoraram os resultados da edição 2018 do TRT NA MEDIDA.

As três equipes participantes perderam, juntas, 130 kg de gordura. Uma diferença de 35 kg em relação ao resultado do ano anterior, que foi de 95 kg de gordura eliminada pelas equipes.

Para a presidente do TRT-RN, desembargadora Auxiliadora Rodrigues, o resultado é extremamente positivo e um exemplo a ser seguido.

“A qualidade de vida deve ser estimulada e isso passa pela melhoria da alimentação e a prática de atividades físicas. Desejo que esse projeto tenha continuidade no Tribunal, pois os resultados para todos são muito positivos”, avaliou a desembargadora.

O médico cardiologista do TRT-RN, Fábio Mastrocola, parabenizou as equipes e esclareceu que os resultados são excelentes.

“A melhoria da qualidade de vida tem resultados positivos para a vida dos servidores, para a convivência com os colegas de trabalho e até mesmo para o atendimento do jurisdicionado”, explicou o médico.

Na solenidade de encerramento do TRT na Medida 2018, foram divulgados os nomes dos participantes que se destacaram individualmente e também qual das três equipes foi a vencedora dentro dos critérios de massa muscular, perda de gordura e presença em palestras educativas.

No feminino, a servidora Jusséa Jacinta Monteiro da Cunha (5ª Vara de Natal) foi atleta Ouro e no masculino o primeiro lugar ficou com Felipe Gurgel (13ª Vara de Natal).

A diferença entre o desempenho final das três equipes participantes foi mínimo, “de menos de um quilo entre elas”, revela Tiago Siqueira, coordenador da academia Bodytec.

A equipe preta ficou com o ouro, a azul com o prata e a laranja com o bronze, “mas todos são vencedores porque mudaram seus hábitos”, comemorou o personal trainer.

TRT na Medida

Iniciado em 2017, o programa nasceu da preocupação do TRT-RN com a qualidade de vida e a saúde dos seus magistrados e servidores.

O desafio: combater os problemas de saúde melhorando a qualidade de vida com um programa de atividade física e acompanhamento médico, sem custos para os participantes ou para o tribunal.

Com os resultados positivos do ano anterior, em 2018, 30 participantes foram divididos em três grupos e receberam acompanhamento de profissionais da educação física, de médicos e de nutricionista, e as atividades e acompanhamento foram iniciados, no mês de agosto.

As aulas de condicionamento físico foram ministradas pelos profissionais da Academia Bobytech, sem qualquer custo para o TRT-RN e para os participantes.