TRF5 e JFRN divulgam relatório do Plano de Logística Sustentável; documento mostra boa performance


O Tribunal Regional Federal e a Justiça Federal no Rio Grande do Norte divulgaram o relatório conjunto do Plano de Logística Sustentável. Com a abrangência da apuração mensal nos seis temas ( papel, energia elétrica, água e esgoto, gestão de resíduos, telefonia e combustível) foram analisados 34 indicadores para o documento referente ao primeiro semestre deste ano. Os números apontam para reduções significativas de consumo. O consumo de papel, por exemplo, diminuiu 30,31% comparando o primeiro semestre de 2019 com o mesmo período de 2018. Já o consumo de água reduziu 49,53%.

Além dos temas mensais, o relatório mostra as ações de qualidade de vida no trabalho e sustentabilidade realizadas no período e as planejadas para o segundo semestre deste ano.

A divulgação do relatório ocorre em cumprimento à resolução do Conselho Nacional de Justiça nº 201/2015.

O documento foi elaborado em trabalho colaborativo da Comissão Socioambiental do Tribunal Regional Federal da 5ª Região e o Comitê Gestor de Qualidade de Vida no Trabalho e de Sustentabilidade da Justiça Federal do Rio Grande do Norte.

O Plano de Logística Sustentável (PLS) é instrumento estratégico que declara objetivos e responsabilidades, define ações, metas, prazos de execução, mecanismos de monitoramento e avaliação de resultados das práticas de sustentabilidade.

Visualizar Relatório de desempenho semestral do PLS SJRN – 2019.