TJ-RN e AMARN prestam homenagem ao desembargador aposentado Deusdedit Maia
14 de maio de 2018

TJ-RN e AMARN prestam homenagem ao desembargador aposentado Deusdedit Maia


Em uma cerimônia realizada na tarde desta quinta-feira (10) no auditório Floriano Cavalcanti, no edifício sede do Tribunal de Justiça, a Associação dos Magistrados do RN (AMARN) prestou uma homenagem ao desembargador Deusdedit Chaves Maia, aposentado em 2004. O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Expedito Ferreira, discursou sobre o homenageado e suas quatro décadas dedicadas à magistratura. Deusdedit Maia é pai do atual desembargador do TJ-RN Amílcar Maia.

O evento contou com a presença do presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), juiz Jayme de Oliveira e do presidente da AMARN, juiz Herval Sampaio, desembargadores, servidores e familiares do homenageado. Como forma de agradecimento, a unanimidade dos membros da Associação Potiguar decidiram por dar à Sede Campestre da AMARN o nome do desembargador Deusdedit Maia em reconhecimento ao que ele fez pela Associação. Para marcar a homenagem, o desembargador, seus familiares, o presidente do TJ-RN, o presidente da AMARN e o presidente da AMB descerraram uma placa que dizia: “POR QUEM TANTO FEZ PELA JUSTIÇA NÃO PODERÁ SER ESQUECIDO JAMAIS”.

Na saudação ao ex-presidente do TJ-RN nos anos 1990 o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Expedito Ferreira, para quem o desembargador Deusdedit Maia é um velho companheiro de lidas judiciárias e cuja amizade, da qual priva, muito lhe envaidece. Após tecer um breve histórico da trajetória profissional do homenageado, afirmou que ele cumpriu o dever com a sua consciência, com a carreira que escolheu, com os seus pares e com a sociedade.

Expedito Ferreira lembrou que, à frente da associação norte-riograndense, o amigo lutou pela melhoria dos vencimentos dos magistrados potiguares, e construiu a sede campestre da organização em Macaíba. Ressaltou que o seu engajamento como membro de classe ainda o levou a ocupar a vice-presidência da AMB, na gestão do Presidente Luís Fernando Ribeiro de Carvalho, de 1998 a 1999.

História em defesa da magistratura

“Por isso ele está aqui, por isso é homenageado. Pelo que fez e pelo que trouxe para a magistratura do Rio Grande do Norte. O seu trabalho rendeu frutos para todos nós. A sua história serve de exemplo. (…) Tenho a alegria de sua amizade e a honra de ter recebido seus ensinamentos. Privar da sua amizade foi um dos maiores benefícios que recebi desde que entrei na magistratura”, revelou Expedito Ferreira.

Herval Sampaio disse que a homenagem é mais do que justa e que a diretoria aprovou a iniciativa por unanimidade em reconhecimento ao desembargador. “É justa essa homenagem que a associação faz a um associado, a um ex-presidente que indiscutivelmente lutou muito pela nossa associação, lutou incansavelmente e que nesse momento se faz justiça ao reconhecer o trabalho do desembargador Deusdedit Maia”, afirmou.

O presidente da AMB, Jayme Oliveira revelou que tem uma amizade de longa data com o homenageado. “O desembargador Deusdedit Maia é uma pessoa que conquista a gente nas primeiras palavras e não tem como não ficar amigo dele. E passado tantos anos ele nunca deixou de manter contato, de tratar da mesma forma como naqueles primeiros momentos. (…) Receba também essa homenagem dos seus colegas da AMB”, comentou.

O desembargador Deusdedit Maia se disse emocionado com a homenagem. “Eu me senti emocionado, porque de qualquer maneira é um reconhecimento ao que a gente fez na magistratura, porque aqui eu passei 26 anos de Tribunal de Justiça. Então eu passei muito tempo aqui e tenho muitas boas recordações”, agradeceu.