07 de agosto de 2015

Sabatina de Janot no Senado deve ser ainda este mês


O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), deve marcar a sabatina do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa o mais breve possível, devendo ser realizada na terceira semana de agosto. A celeridade no tratamento do caso é vista como uma estratégia do peemedebista para evitar que o acusem de querer manobrar para adiar a recondução do procurador-geral.

A mensagem presidencial com a indicação de Janot para ocupar novamente o comando do Ministério Público ainda não foi enviada ao Senado. Assim que chegar, ela deve ser lida em uma sessão da CCJ. A sabatina só poderá, então, ser marcada após o intervalo de cinco sessões do plenário da Casa. A expectativa é de que o presidente da comissão, senador José Maranhão (PMDB-PB), faça a leitura na reunião da próxima quarta-feira (12).