Rede Municipal de Ensino de Mossoró debate Currículo Escolar na abertura da Jornada Pedagógica

Rede Municipal de Ensino de Mossoró debate Currículo Escolar na abertura da Jornada Pedagógica


A Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria Municipal de Educação, deu início na noite desta quarta-feira, 12, a Jornada Pedagógica da Rede Municipal de ensino. O evento de abertura aconteceu no Teatro Dix-huit Rosado e contou com a participação de professores, supervisores, estagiários e gestores da educação do município.

Neste ano a jornada aborda o tema “Currículo, um olhar para dentro da Escola” e na abertura contou com as palestras do professor Luís de Araújo Pedrosa Neto, assessor pedagógico das Edições SM e a professora da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Márcia Betânia de Oliveira.

A secretária de Educação, Magali Delfino, falou sobre a importância da abordagem do tema e dos desafios para 2020. “Esse é um momento de reflexão e conhecimento. O currículo é um assunto muito pertinente, haja vista todos os estados e municípios brasileiros estão elaborando seus novos currículos”, disse Magali.

Magali explicou que desde 2017 o município discute a elaboração do novo currículo. “Desde 2017 em regime de colaboração com o estado e Undime vem capacitando a rede para que a elaboração do novo currículo possa ser alinhado ao currículo que já está posto”, falou a secretária.

O promotor da educação Sasha Alves falou sobre a parceria do Ministério Público do Estado com a educação do município. “Nesse teatro temos de fato aqueles que ocupam a função mais importante do nosso país. Que vocês professores ao elaborarem o seu plano de trabalho que o façam com muito carinho, por conta daquelas vidas que vocês estão lidando. Que a escola saiba que ela não está só e que faz parte de uma rede de proteção que inclui o Ministério Público. A escola precisa estar protegida para proteger”, falou.

O professor Luís de Araújo em sua apresentação falou sobre a evolução do currículo e os desafios constantes na educação das crianças e adolescentes, principalmente com os avanços tecnológicos. “Esse é um momento de refletirmos um pouco sobre educação, sobre o currículo. Analisarmos os avanços e também os desafios de nós educadores na sala de aula. Precisamos refletir formas de atrair os olhares das crianças para dentro da escola”, disse Luiz.

Brincadeira do “Desafio” cria alerta na rede municipal de ensino

Na abertura do evento a secretária de Educação, Magali Delfino, fez um pedido aos diretores, professores e gestores para trabalharem em suas jornadas internas as brincadeiras de “desafios”, que viraram febre entre os adolescentes e que no ano de 2019 fez uma vítima na rede de ensino do município.

“Ano passado o município viveu um momento muito triste com uma brincadeira dentro de uma escola, a chamada roleta russa humana. Esta semana tomamos conhecimento de uma nova brincadeira que se instalou na rede de ensino do nosso país. Gostaria que na jornada pedagógica de cada escola, cada diretor, cada professor possa fazer esse apelo de conversar com os nossos alunos adolescentes”, disse.

Magali destacou que o município vai trabalhar e elaborar estratégias para orientar alunos e pais sobre os perigos do tipo da brincadeira. “É uma brincadeira muito perigosa. Portanto a secretaria vai se mobilizar com toda a equipe técnica, elaborar um seminário, para conversar com os pais, com os alunos e os professores e diretores das escolas”, falou.

A Jornada Pedagógica da Rede Municipal segue com a programação nesta quarta e quinta-feira:

Data: 13/02/2020

Reunião Administrava e Pedagógica nas Unidades Escolares

Data: 14/02/2020

Organização dos ambientes pedagógicos nas Unidades Escolar

Data: 17/02/2020

Início do Ano Letivo 2020