Reunião-com-produtores-da-APROFAM-1-678x381

Prefeita Rosalba Ciarlini recebe membros produtores da APROFAM para estreitar parcerias


Dezenas de produtores rurais de 13 assentamentos e quatro comunidades rurais filiados à Associação de Produtores e Produtoras da Feira Agroecológica de Mossoró (APROFAM) foram recebidos pela prefeita Rosalba Ciarlini, no início da tarde desta quinta-feira (31), para estreitar parcerias que visam somar com a agricultura familiar orgânica da associação.

“Uma reunião bastante produtiva que eu fiquei feliz de poder trocar ideia, somar esforços, para que possamos cada vez mais ver a agricultura familiar do nosso Município crescendo, presente na vida do mossoroense e do Estado. A Prefeitura de Mossoró vai contribuir no que for possível para ampliar a agricultura familiar orgânica.”, afirmou Rosalba.

A presidente da APROFAM, Luana Clementina, agradeceu todo empenho da prefeita em receber os produtores e afirmou que após essa reunião a tendência é que a associação tenha mais resultados positivos na produção. “A gente fica grata pela recepção que a gente teve no Palácio da Resistência. A prefeita mostra interesse em nos ajudar. São ideias que, como ela falou, que eram pra ter avançado mais. Eu acredito que agora em diante as coisas vão começar a fluir e os projeto que a gente tem dentro da associação venham a estar trazendo resultados mais positivos.”, disse a presidente.

Dentre os assuntos debatidos para a parceria que caminha para ser fechada com a associação foram a manutenção de dessalinizadores, pontos de comercialização na zona urbana e capacitação dos produtores para venda dos produtos orgânicos. A parceria que a associação fechará com a Prefeitura de Mossoró vai fortalecer e possibilitar uma participação da APROFAM em diversos editais de captação de recursos para a agricultura orgânica e familiar. Durante a reunião a prefeita Rosalba anunciou aos produtores que vai destinar uma parte dos recursos do empréstimo junto à Caixa para a manutenção das ruas vicinais da zona rural.

“A parceria que a gente veio buscar na Prefeitura são para projetos que a gente tem em andamento dentro da associação e que a gente sente necessidade de somar junto a Prefeitura. A gente tem demandas que precisam estar próximos da gestão para poder fazer com que elas fluam na zona rural.”, concluiu Luana Clementina.

Atualmente são 36 famílias produtoras ativas da APROFAM dividas em seis polos que correspondem a 13 assentamentos e quatro comunidades rurais. Os produtores da APROFAM são certificados pela Organização de Controle Social (OCS) que concede o direito ao produtor vender seu produto com uma declaração do Ministério da Agricultura.

Representantes da UFERSA e SEBRAE participaram da reunião no Palácio da Resistência.