Esmarn lança pedra fundamental da unidade em Mossoró e celebra acordos de cooperação


A Escola da Magistratura do Rio Grande do Norte realizou, na manhã desta sexta-feira (27), o lançamento da pedra fundamental da construção de sua sede regional em Mossoró, a Esmarn Oeste. A unidade será instalada como um anexo do Fórum Doutor Silveira Martins e tem como principal objetivo beneficiar magistrados e servidores de toda a região Oeste, além de trazer ganhos à população local. A iniciativa vai ampliar a oferta de cursos e eventos nas Coordenações Regionais de Caicó e Pau dos Ferros.

A Esmarn Oeste oportunizará cursos de capacitação para servidores e magistrados. Registramos a participação também da sociedade, desde advogados, maçonaria e jornalistas, de maneira representativa”, afirmou o diretor da Esmarn, desembargador Saraiva Sobrinho.

Durante o evento, também foram celebrados acordos de cooperação com instituições de ensino superior. Saraiva Sobrinho destacou que o momento proporciona, além de tudo, um encontro entre as academias: uma formadora de juízes e outra de bacharéis, a exemplo da UERN, produtora de, pelo menos, dez juízes formados por essa universidade.

Para o juiz Cleanto Pantaleão, coordenador administrativo da Esmarn, o lançamento faz parte da preocupação da gestão do desembargador Saraiva Sobrinho com a interiorização da Escola, além de trazer afinidade com outras instituições.

Essa pedra fundamental é um marco histórico e propiciará uma nova vertente entra magistratura e academia, promovendo aperfeiçoamento de todos os profissionais de Direito desta região”, afirmou. o magistrado Patrício Lobo, coordenador regional da Esmarn. Ele ressaltou que a comarca de Mossoró abrange mais de trezentos servidores, além dos estagiários, e acrescentou que é preciso ter uma interlocução constante entre o Judiciário e as universidades.

Acordo de cooperação

A Esmarn firmou acordo com a Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), a Universidade Estadual o Rio Grande do Norte (UERN – Mossoró) e com Faculdade Unirb – Mossoró. O objetivo é aproximar os alunos da graduação em Direito do judiciário potiguar.

Assinamos hoje diversos acordos de cooperação com instituições de ensino superior. Mossoró é uma cidade universitária, que congrega diversas instituições de ensino e o objetivo é garantir a aproximação com elas”, ressaltou o juiz Cleanto Pantaleão.

O lançamento da pedra fundamental está inserido nas comemorações dos 136 anos da abolição da escravatura em Mossoró. O município comemora, no dia 30 de setembro, a libertação dos escravos ocorrida em 1883 – cinco anos antes da promulgação da Lei Áurea no Brasil.

Participaram do evento o desembargador Saraiva Sobrinho; a governadora Fátima Bezerra; a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini; o juiz Cleanto Pantaleão; o juiz Patrício Lobo; o juiz Breno Valério, diretor do Foro de Mossoró; a deputada estadual Isolda Dantas; a presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro; o reitor da Ufersa, professor doutor José de Arimatéia de Matos; o reitor da UERN, professor doutor Pedro Fernandes Ribeiro Neto; e a professora Aryadna Kellen Teixeira Bonifácio, representante da Faculdade Unib – Mossoró; além do presidente do Conselho Distrital de Fernando de Noronha, Milton Luna da Silva e representantes da OAB, Ministério Público, juízes e servidores do Poder Judiciário do RN.