CNJ promove seminário para debater o futuro da judicialização da saúde; transmissão pelo YouTube


O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realiza no dia 22 de junho o seminário “Como será o amanhã? O Futuro da Judicialização da Saúde”. O evento vai trazer palestras e debates com profissionais da saúde e representantes do Poder Judiciário, com o objetivo de refletir sobre o momento atual, com a pandemia causada pelo novo coronavírus, e seus impactos para as demandas judiciais futuras.

Destinado à magistratura brasileira e aos demais atores do sistema de justiça, o objetivo do seminário é trazer elementos que enriqueçam as decisões judiciais sobre o tema, aprimorando o conhecimento técnico sobre a saúde, discutindo os desafios da judicialização e encontrando soluções para o problema. Também será abordado o trabalho desenvolvido pelos Hospitais Sírio Libanês e Albert Einstein, fruto de parceria realizada entre o Conselho Nacional de Justiça e o Ministério da Saúde, cujo objetivo é qualificar e racionalizar a judicialização da saúde.

Veja a programação completa

O seminário tem transmissão no canal do CNJ no YouTube e é voltado a profissionais da Justiça, do Direito, da saúde e da gestão pública. A abertura, a partir das 9h30, conta com a participação do presidente do CNJ, ministro Dias Toffoli.

A iniciativa é parte do Fórum Nacional do Judiciário para a Saúde, criado em 2010 pelo CNJ para o monitoramento e a resolução das demandas judiciais de assistência à saúde.