07 de agosto de 2015

Bancos deixam de pagar 85% das multas do Procon


foram autuadas, do início de 2014 até 31 de julho deste ano pelo Procon Natal. O órgão de defesa do consumidor fez 134 autuações, que somam R$ 4 milhões em multas. Desse valor, arrecadou efetivamente R$ 600 mil (o equivalente a 15%). Para fazer cumprir as leis em vigor, o Procon Municipal exigiu que, em 60 dias, os bancos que atuam em Natal apresentem um plano de ação com metas e prazos para se adequarem às normas que regulam o funcionamento do serviço bancário.

O prazo de 60 dias passou a contar em 29 de julho, quando o diretor do órgão em Natal, Kleber Fernandes, convocou todos os gerentes regionais das instituições financeiras e também um representante da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) para cobrar que fossem feitas as adequações. A intenção é reduzir as infrações. A principal infração cometida pelas agências bancárias, segundo Fernandes, é o desrespeito à “lei de espera” em fila de caixa, que responde por cerca de 80% das notificações.